002-Saudosa lembrança

 

E então verão vir o Filho do homem numa nuvem,

com poder e grande glória.

(Lucas 21:27 )

 

Letra e Música: Thoro Harris, 1918
Tradução: Adriano Nobre

 

SAUDOSA LEMBRANÇA

ETERNAL REST

 

1
Oh! que saudosa lembrança
Tenho de ti, ó Sião,
Terra que eu tanto amo,
Pois és do meu coração.
Eu para ti voarei,
Quando o Senhor meu voltar;
Pois Ele foi para o céu,
E breve vem me buscar.

 

 

Coro
Sim, eu porfiarei

por essa terra de além;
E lá terminarei

as muitas lutas de aquém;
Lá está meu bom Senhor,

ao qual eu desejo ver;
Ele é tudo p’ra mim,

e sem Ele não posso viver.

 

2
Bela, mui bela, é a esperança,
Dos que vigiam por ti,
Pois eles recebem força,
Que só se encontra ali;
Os que procuram chegar
Ao teu regaço, ó Sião,
Livres serão de pecar
E de toda a tentação.

 

3
Diz a Sagrada Escritura,
Que são formosos os pés
Daqueles que boas novas
Levam para os infiéis;
E, se tão belo é talar
Dessas grandezas, aqui,
Que não será o gozar
A graça que existe ali!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1.

Time’s clock is striking the hour,

Jesus will soon descend,

Clothed in the garments of power,

The reign of sin to end.

Then will this anthem be ringing

Like to a mighty flood,

Then ’round the throne we’ll be singing,

Glory and praise to God.

 

 

Refrain

Glory, glory to God!

Thus will the ransomed sing;

Glory, glory to God,

the everlasting King!

Praise Him, alleluia!

To that eternal sphere

We are waiting for our translating;

The time is near.

 

2.

In those bright mansions supernal,

Death cannot enter there;

Ages on ages eternal

His likeness we shall bear.

There will the once brokenhearted

Rest in the spirit know;

Sorrow forever departed,

Gladness shall overflow.

 

3.

Sighing forever is ended,

Foes shall oppress no more;

Voices in worship are blended

To Him Whom all adore.

Bathed in the light soft and tender,

Sealed for eternity,

Praise to the Lamb we will render—

Worthy of praise is He.

 

4.

Beautiful, wonderful story!

Jesus Himself the Light;

There in the kingdom of glory

Never shall fall the night.

Now I am singing of heaven,

While here I wage the strife;

Then will the victors be given

Crowns of eternal life.